Observatório da insolvência

 

Objetivos do estudo

O trabalho teve como objetivos auxiliar na elaboração e alteração de leis sobre o tema e compreender empiricamente o processo de Recuperação Judicial, incluindo:

  • O que influencia no deferimento e quanto tempo ele leva?
  • O que acontece entre deferimento e aprovação do plano?
  • Quais são as características gerais dos planos de recuperação aprovados?

Sobre o estudo

O trabalho tratou-se da primeira análise exaustiva sobre processos de recuperação judicial da comarca de São Paulo.

Resultados

  • Perícias aumentam a taxa de deferimentos mais do que emendas de petição inicial.
  • Identificam-se aumentos no tempo, mas há muita variabilidade.
  • Tempo até a última Assembleia Geral de Credores (AGC): média 507 dias e mediana 386 dias.
  • 29.7% dos deferimentos têm o stay-period prorrogado.
  • 6.1% faliram antes da primeira AGC.
  • 79.2% das que tiveram alguma AGC têm os planos aprovados.
  • 8.47% das que tiveram alguma AGC têm o plano aprovado por cram-down.
  • 41.4% das recuperações deferidas são litisconsórcios ativos.
  • Das RJs com planos aprovados
    • 35.5% têm venda ou aluguel de Unidade Produtiva Isolada (UPI)
    • 53.2% têm venda ou aluguel de outros bens que não UPI
    • 29% dos planos preveem renúncia de direitos contra terceiros coobrigados

Contato

Rua Gomes de Carvalho, 1356 - 1º andar - Vila Olimpia, São Paulo - SP

Sobre

© 2018 ABJ - Associação Brasileira de Jurimetria.